Ana Paula Motta Costa

Advogada, socióloga, mestre em Ciências Criminais (PUC/RS), Doutora em Direito (PUC/RS), Professora do Curso de graduação, Mestrado e Doutorado da UFRGS e Professora do Curso de Mestrado em Direitos Humanos do UniRitter. É pesquisadora há vários anos na área dos direitos das crianças e adolescentes, com vários livros e artigos publicados em periódicos científicos. É consultora do Instituto Crescer Legal para a área de aprendizagem de jovens rurais e combate ao trabalho infantil.

10 | dez 2019

Aposta no futuro e esperança nos jovens

Por Dra. Ana Paula Motta Costa

07 | nov 2019

As meninas do campo

Ser jovem no campo tem suas peculiaridades. Ao mesmo tempo em que passar pela adolescência no campo ou na cidade é muito parecido, ser jovem no meio rural tem algo de especial, que quem chega perto pode descobrir. Ser jovem, menina, no meio rural também tem suas diferenças.

10 | out 2019

O que Greta Thunberg tem em comum com os jovens aprendizes do Instituto Crescer Legal?

17 | set 2019

Sucessão rural: será que é tão difícil assim?

08 | ago 2019

Uma viagem para o tempo futuro

No último mês de julho, quando muitas crianças e adolescentes estavam em férias, os aprendizes do Instituto Crescer Legal fizeram uma visita técnica no Museu de Ciências e de Tecnologia em Porto Alegre.

13 | jul 2019

Trabalho infantil: precisamos conversar sobre isso!

12 | jun 2019

Instituto Crescer Legal: uma “janela aberta” no combate ao trabalho infantil no meio rural

Um dos sustentáculos do trabalho infantil no campo é a cultura de que o trabalho dignifica, de que se aprende a trabalhar trabalhando, de que só será possível acontecer sucessão rural aprendendo a trabalhar na terra, que enquanto a criança ou o adolescente está trabalhando, está longe das drogas, ou da violência.